Quer parecer mais magro durante a noite?

Quer parecer mais magro durante a noite?

Existem maneiras de conseguir um estômago de aparência mais plana no espaço de 24 horas .

Manter-se hidratado, dormir mais e evitar as bebidas com gás são todas as maneiras de superar o inchaço.

Embora seja possível fazer com que a sua barriga fique com um tom curto em pouco tempo, também recomendamos que você reposicione seu estilo de vida para ver resultados de longo prazo.

Leia também: Megacil funciona
Artigos relacionados

Banhos quentes podem queimar as mesmas calorias de 30 minutos de exercício, revela pesquisa
Gemma Collins perda de peso: estrela TOWIE lança duas pedras, fazendo isso
O garoto mais gordo do mundo para fazer cirurgia de remoção de pele depois de perder metade do peso corporal

Cinco maneiras de superar o inchaço durante a noite:

1. Beba mais água

Há uma razão pela qual devemos beber oito copos de água por dia.

Não só mantém a pele clara e hidratada, mas também previne a constipação que leva ao inchaço.

Você também pode mastigar alimentos com alto teor de água, como pepino, melancia e grapefruit.

Evite bebidas gaseificadas ou gasosas, pois elas podem fazer a barriga inchar.

perda de peso
OH MY BOD: Existem maneiras de reduzir o inchaço em 24 horas (Pic: GETTY)

2. Abaixe sua ingestão de açúcar

A nutricionista Natasha Marcusfield disse anteriormente ao Daily Star Online como perder peso rapidamente.

O especialista em dieta disse que a eliminação de alimentos açucarados ajuda a reduzir sua ingestão de calorias.

Também impedirá o seu açúcar no sangue de cravar, o que deve ajudar a afastar os desejos.

Natasha acrescentou: “Para perder peso em 24 horas, você precisa ser rigoroso e ter certeza de não ser vítima de sabotadores de dieta”.

hiit
TRABALHE ACIMA DE UM SUOR: Exercitar acelera o metabolismo e ajuda você a tonificar (Pic: GETTY)

3. Evite alimentos gassy

Enquanto os alimentos cheios de fibras ajudam a passar os alimentos através do sistema digestivo, os produtos gasosos têm o efeito oposto.

Repolho, feijão, brócolis, cebola e alguns produtos lácteos podem causar inchaço no corpo.

Embora esses produtos sejam bons para você com moderação, provavelmente é melhor desviá-los se você estiver tentando perder peso em um dia.

4. Exercício

Se você está procurando acelerar o seu metabolismo e parecer mais tonificado, o exercício é essencial.

O treinamento intervalado de alta intensidade é uma das maneiras mais rápidas de queimar calorias.

Também é ótimo para melhorar a força e aumentar o tamanho do músculo.
Artigos relacionados

Perda de peso Lisa Riley: Emmerdale estrela revela MAIOR erro de dieta slimmers fazer
Como queimar gordura da barriga em MINUTOS: Três exercícios para ajudar você a perder peso
Viciado em fast food revela como ele derramou 10 pedras em apenas seis meses

5. Durma bem

O sono é essencial para sua saúde geral.

Conseguir menos de oito horas por noite pode causar estragos em seu corpo.

Conseguir uma boa noite de kip afeta os nervos renais dos rins, que regulam o equilíbrio de sódio e água.

Dormir também pode minimizar a retenção de água e ajudar a controlar os níveis de hidratação.
Artigos relacionados

Tequila pode ajudar você a perder peso – de acordo com os principais cientistas
Refeição prep para perda de peso: três sopas saudáveis ​​que são ricos em proteínas
Caminhando para perda de peso: como queimar mais calorias em sua caminhada diária

Comentários
Popular In the Community
Dieta e Fitness
Mais
transformação de perda de peso
Mamãe que buscou conforto nos galpões de alimentos em 2 meses em três meses – veja como

Um comedor de conforto passou por uma transformação de perda de peso dramática depois de se inscrever para este plano de dieta popular. Veja como o super-slimmer fez isso.
Caminhando para perda de peso queimar dicas de gordura corporal
Caminhando para perda de peso: estas mudanças simples podem aumentar a contagem de passos para queimar gordura corporal
Uma pessoa medindo seu peso
Como perder peso sem fazer dieta – PT revela fácil invasão
O usuário do Reddit lança quase o 9º ao fazer uma coisa simples todos os dias
caminhando para dicas de perda de peso queimar calorias andar para trás
Caminhando para a perda de peso: como mudar sua técnica pode ajudar você a queimar 40% a mais de calorias
Par transfomation
Casal perder dezenove pedra entre eles e dizer que sua vida sexual é melhor do que nunca
mundo de emagrecimento
Mum-of-two sheds OITO pedra depois de ficar preso na área de recreação infantil – olhe para ela agora
dieta
Teste de sequência simples mostra se você está com excesso de peso em apenas dois minutos
perda de peso
Como perder peso em 24 horas: cinco maneiras de vencer o inchaço rápido
Dieta e Fitness
Mais
preparação de refeição
Refeições preparadas: sete dicas que economizarão tempo e dinheiro

Olhando para preparar a refeição como um profissional? Estes hacks úteis irão ajudá-lo a poupar tempo e dinheiro quando estiver a cozinhar a granel para perda de peso.
caminhando para dicas de perda de peso perder peso queimar gordura andar técnica
Caminhando para perda de peso: esta técnica de caminhada pode ajudar você a queimar gordura
ioga
Yoga para perda de peso: Melhores movimentos e poses para queimar calorias
alimentos gordurosos da barriga
Como queimar gordura da barriga SEM se exercitar: Coma esses oito alimentos
mulher tomando banho
Banhos quentes podem queimar as mesmas calorias de 30 minutos de exercício, revela pesquisa
dieta de perda de peso o que comer Nandos tentando perder peso

OS TRÊS NÍVEIS DE FÍSICA ESTÉTICA E COMO ALCANÇAR O QUE VOCÊ DESEJA [2017 UPDATE]

OS TRÊS NÍVEIS DE FÍSICA ESTÉTICA E COMO ALCANÇAR O QUE VOCÊ DESEJA [2017 UPDATE]

Eu não sei porque você começou a levantar pesos, mas eu fiz porque eu queria ter um físico que transformasse algumas cabeças na rua, um corpo estético.

A maioria dos caras que começam a levantar pesos o fazem com o objetivo de parecer melhor e ter apenas um físico melhor ou mais impressionante.

Claro, o subproduto disso é viver uma vida mais saudável.

Obtendo o tipo de físico que você quer não é apenas sobre o treinamento duro, também é sobre comer mais saudável e ter um estilo de vida saudável em geral.

Quando você pergunta às pessoas qual é a meta delas em termos de como elas querem olhar, você terá respostas diferentes.

Alguns só querem ter um pacote de seis, alguns querem ter braços maiores; Alguns querem olhar tonificado e alguns podem querer ter um físico muscular all-around.

Há literalmente dezenas ou mais “visões” que as pessoas têm para seus próprios corpos quando começam a trabalhar, mas todas essas “visões” podem ser divididas em apenas três tipos principais de físicos estéticos.

Na verdade, esses três tipos de físico são mais parecidos com um nível diferente do mesmo tipo de estética, já que eles têm as mesmas coisas em comum:

Cintura relativamente fina
Percentagem de gordura corporal baixa
Abs visível
Ombros redondos
De costas largas
Peito grosso
Braços grandes
Músculos da perna bem definidos
Boa separação entre os músculos
Alguma vascularidade
A maioria dos rapazes não está atrás do tipo de fisiculturista grande e, de fato, é muito improvável que você consiga tanta musculatura se você for natural, tiver genética comum e também ter uma vida social e familiar saudável.

Deixe-me rapidamente delinear os 3 tipos de físico Eu uso as categorias do nível de estética e te dizer como você pode alcançar cada uma delas.

Corpo estético iniciante: lutador
Este é o tipo de físico que você vê na maioria dos pugilistas leves ou médios. Na maioria das vezes o ponto forte ou parte do corpo desses caras são os abs.

Mesmo que a quantidade de massa muscular não seja super impressionante, a baixa porcentagem de gordura corporal e o núcleo forte tornam o seis pacote muito visível de todos os ângulos ou condições de iluminação.

Os abs são definitivamente o ponto forte neste tipo de físico.

físico lutador

Em roupas, esses caras parecem muito magros e não muito impressionantes. Na verdade, e na maioria das vezes, você não saberia dizer se eles funcionam ou não.

É por isso que eu não sou um grande fã do tipo corpo do lutador.

Este tipo de físico é alcançável pela maioria dos iniciantes nos primeiros 12 a 18 meses de treinamento com pesos.

Se esse é o tipo de corpo que você deseja alcançar, seu principal objetivo é obter e manter um percentual de gordura corporal de 8 a 9% depois de construir um tamanho muscular.

Uma vez que você chegar ao nível de músculo que você está feliz com (que deve ser atingido em 1 – 1,5 anos de treinamento adequado e alimentação), apenas treine regularmente para manter sua forma atual, sem se concentrar tanto em ficar mais forte ou construir muito músculo (ficando mais pesado).

Use os mesmos pesos, os mesmos intervalos de repetição e defina suas calorias no nível de manutenção.

Este é o 1º nível na hierarquia do tamanho do músculo e o mais fácil (mas não fácil) dos 3 tipos físicos a serem alcançados.

Você deve ser capaz de obter o tipo físico do lutador uma vez que tenha colocado cerca de 15-20 libras de músculos, supondo que você começou do zero (massa muscular mínima).

Você deve treinar todas as partes do corpo de forma igual e em termos de força, você deve ser capaz de acertar o banco inclinado usando seu peso corporal, agachar seu peso corporal e extrair 25-30% a mais do seu peso corporal.

Depois de atingir esse nível de força, tudo o que você precisa fazer é manter.

Algumas pessoas provavelmente dirão para você não treinar as pernas se você planeja interromper sua jornada de condicionamento físico nesse nível, mas eu não faria isso.

Talvez você não precise se concentrar tanto na parte inferior do corpo, mas bate nas pernas pelo menos uma vez por semana.

Leia também: Cromofina funciona

Verifique seu corpo no espelho e faça pequenos ajustes no seu regimento de treinamento se achar que certas partes do corpo estão ficando para trás.

Eu recomendo que você verifique este artigo se você tiver desequilíbrios entre os músculos.

Corpo estético intermediário: corpo de praia
Este é o tipo de físico que você vê na maioria dos salva-vidas.

Na hierarquia do tamanho do músculo, este é o nível 2, após o físico do lutador.

O tipo de corpo de praia do corpo é de aproximadamente 2-3 anos mais tarde e 10-15 quilos mais pesado do que o físico lutador.

Os caras de ‘corpo de praia’ têm uma boa quantidade de massa muscular, um percentual de gordura corporal um pouco maior (10-12%) e ficam ótimos tanto em roupas quanto nus.

Eu acho que Christian Guzman e David Laid são exemplos perfeitos que se encaixam nesta categoria (no nível de suas fotos abaixo). A propósito, se você não seguir esses caras, faça o seguinte: David’s Channel e Christian’s Channel.

físico praia-corpo

A principal vantagem sobre o físico lutador é que você pode manter um hig

Fonte: https://www.valpopular.com/cromofina-funciona/

Como emagrecer: 14 dicas para perder peso com saúde

Como emagrecer: 14 dicas para perder peso com saúde

Além de associar uma alimentação equilibrada à prática de atividades físicas, comer de 3 em 3 horas é um ponto importante
Perder peso não é a tarefa mais difícil do mundo, mas, quem já passou por um processo de emagrecimento sabe: exige dedicação, paciência e perseverança. Porém, com certeza vale a pena!

A pessoa que decide que quer emagrecer, seja por uma questão estética, seja por uma preocupação com a saúde, deve, em primeiro lugar, procurar a ajuda de um(a) nutricionista que possa orientá-la nesse processo. Deve, também, ter em mente que “dietas malucas” e/ou radicais, que prometem resultados quase que instantâneos, são prejudicais e dificilmente oferecerão uma perda de peso eficaz e definitiva.

Como a maioria das pessoas já sabe, emagrecer não tem segredo: é fruto de uma boa alimentação aliada à prática regular de atividades físicas.

Porém, algumas orientações são importantes e podem ajudar nesse processo! Confira as dicas a seguir:

1. Siga uma dieta saudável

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

A primeira orientação não poderia ser outra. Ninguém emagrecerá de forma saudável e definitiva se não seguir uma alimentação equilibrada.

Leia também: 10 alimentos para um detox poderoso

Carina Amorim de Sá, nutricionista da Academia Contours, explica que alimentos ricos em fibras solúveis e insolúveis – presentes em pães 100% integrais, arroz integral, quinua, linhaça, chia em grãos, aveia, vegetais como alface, couve, escarola etc. – não podem faltar no cardápio de quem está buscando emagrecer. “Pois, além de serem mais nutritivos, vão facilitar o funcionamento do intestino e aumentar a saciedade, levando à redução do consumo calórico”, diz.

De maneira alguma podem faltar frutas, verduras e legumes variados na dieta, pois, ressalta a nutricionista, essas são as melhores fontes de vitaminas, minerais e antioxidantes, importantes para manter o metabolismo ativo, aumentar a produção de energia e facilitar a perda de peso.

“Boas fontes proteicas, como frango, ovos e peixes, são importantes para a manutenção da massa muscular e para propiciar maior saciedade, evitando o alto consumo calórico”, acrescenta Carina.

Saiba mais: Phytophen o que é

2. Coma de três em três horas

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Carina de Sá destaca que comer de três em três horas mantém o metabolismo ativo. “Ou seja, o corpo evita ‘poupar’ calorias para exercer suas atividades diárias, pois entende que sempre vai chegar alimentos para produção de energia”, diz.

A nutricionista explica que isso é interessante pois, até mesmo quando a pessoa “extrapola” nas calorias, nos dias “livres” da dieta, o corpo, por estar com o metabolismo ativo, vai ter mais facilidade em gastar as calorias extras consumidas.

Leia também: 11 maneiras de eliminar ou diminuir a gordura acumulada no culote

Além disso, acrescenta Carina, se ficar em jejum por mais de três horas, o corpo libera um hormônio chamado cortisol, que causa aumento da gordura abdominal e quebra da massa muscular. “Isso é muito ruim, pois deixa o metabolismo mais lento e dificulta a perda de peso”, destaca.

3. Nunca se esqueça de se alimentar

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Algumas pessoas têm dificuldades em seguir a orientação de comer de três em três horas, seja porque acabam esquecendo, por falta de tempo ou até porque não sentem fome nesse período relativamente curto.

Porém, não há escapatórias! Quem ainda não tem o costume de comer de três em três horas e quer emagrecer de forma saudável, deverá criar este hábito.

“Deve-se pensar no alimento como remédio, ‘comer para emagrecer’, é essa a ideia. Então, coloque avisos no celular ou na agenda para não se esquecer de se alimentar”, orienta Carina de Sá.

“Mesmo que a pessoa comece comendo bem pouco, o corpo vai se adaptando e começa a sentir fome nos horários estabelecidos. E assim, o metabolismo vai acelerando e, daí para frente, vai ser difícil ficar sem comer a cada três horas”, acrescenta a nutricionista.

Leia também: 12 alimentos leves para comer à noite sem ficar com o estômago pesado

4. Beba bastante água

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Carina de Sá destaca que a água é essencial para produção de energia: ela ajuda a transformar o alimento em energia, ajuda a transportar esses nutrientes e o oxigênio até as células. “É desintoxicante, além de evitar o inchaço, retenção de líquidos, enxaqueca e fadiga”, explica.

A nutricionista orienta a pessoa a começar e terminar o dia já bebendo um copo de água. “Ao longo do dia, se preciso, também coloque lembretes no celular a cada uma hora com o aviso para tomar água. Deixe uma garrafa de 500ml ou de 1,5l de água o mais perto possível do local de trabalho e, sempre que passar por um bebedouro, encha e beba um copo de água”, sugere.

“Atenção! Não espere a sede chegar para beber água. Ela já é um sinal da desidratação, ou seja, seu corpo já está sofrendo com a falta de água”, acrescenta a profissional.

5. Evite alimentos com alto índice glicêmico e pobres em nutrientes

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Seguir uma alimentação saudável sugere, também, “fugir” de alguns alimentos. “É preciso evitar aqueles que possuem alto índice glicêmico e são pobres em nutrientes, como os alimentos refinados: arroz branco, pão branco, doces e açúcares em geral”, diz Carina de Sá.

6. Evite alimentos industrializados, frituras e embutidos

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

A nutricionista Carina destaca que é importante evitar ainda alimentos industrializados, como sorvetes, miojos, biscoitos recheados, bolos, margarina e chocolate ao leite. “Eles são ricos em gorduras saturadas e praticamente não possuem nutrientes”, diz.

Leia também: Vitamina B12: conheça os benefícios que ela pode trazer para sua vida

A pessoa que quer emagrecer também precisa ficar longe de frituras, queijos amarelos, embutidos (como presunto) e do sal em excesso.

7. Evite tomar sucos industrializados e refrigerantes

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Em relação às bebidas, destaca Carina de Sá, é preciso evitar ao máximo os sucos de caixinha industrializados – pois estes são riquíssimos em açúcar –, além de fugir dos refrigerantes.

8. Evite ou diminua o consumo de bebidas alcoólicas

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Muitas pessoas têm o hábito de beber cerveja (ou outra bebida alcoólica) no final de semana, o que, certamente, pode atrapalhar o bom andamento da dieta.

“Nesse caso, estipule uma quantidade fixa da sua bebida favorita, por final de semana, e comprometa-se a não ultrapassar sua meta. Claro, ela deve ser menor do que a quantidade de costume. Assim, a cada final de semana, reduza um pouco até se adaptar a beber menos”, orienta Carina de Sá.

A nutricionista destaca que é importante evitar a restrição completa e radical da bebida em questão. “Outra orientação importante é, a cada copo de bebida alcoólica, consumir um copo de água. Assim você bebe menos e ainda evita a desidratação”, acrescenta.

9. Escolha atividades físicas adequadas

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Não tem como fugir: quem quer emagrecer precisa, também, se exercitar! “Parece até uma equação simples de se resolver: se pensarmos em ingerir menos alimentos calóricos (gorduras e processados) e dar preferência a refeições menos calóricas (fibras e carne magras), e aumentarmos o gasto calórico, com atividades prazerosas, a perda de peso é certa. Mas, a chave para um emagrecimento saudável está em uma boa alimentação aliada a uma atividade física monitorada e, principalmente, voltada para o corpo feminino”, destacam Fabíola Dias e Flávia Freitas, professoras da Academia Contours.

Ainda de acordo com as profissionais, as aulas circuitadas em academias especializadas para mulheres, juntamente com aulas que mesclam movimentos de luta (boxe, Karatê e outras), têm um alto gasto calórico. “Por exemplo, o circuito bem elaborado chega a ter um gasto energético de 665 calorias por hora, se feito três vezes por semana. E, nas aulas de luta, como o Body Combat, a perda é de 495 a 700 calorias por hora”, explicam Fabíola e Flávia.

“Para se ter uma ideia de comparação, na corrida, se houver variação de terreno e instabilidade de percurso, a perda calórica é de, no máximo, 600 calorias por hora, se for mantida uma velocidade média de 9 km/h”, acrescenta as professoras.

10. Reserve pelo menos 30 minutos para praticar atividades físicas

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Atualmente, com a correria do dia a dia, muitas pessoas reclamam que têm pouco tempo para se exercitarem. Porém, para emagrecer de maneira saudável, é fundamental que se mantenha a regularidade na atividade física.

“Se a pessoa conseguir manter a atividade por 30 minutos, 3 vezes na semana, por exemplo, os resultados serão surpreendentes”, destacam as professoras Fabíola e Flávia.

11. Se preferir, caminhe

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Algumas pessoas, simplesmente, não gostam de ir a academias. Porém, ainda assim não há desculpas para elas deixarem de se exercitar.

“A caminhada é uma excelente atividade aeróbica”, destacam Flávia e Fabíola. “Nesse caso, é necessário manter a regularidade de caminhar 3 vezes na semana, por 30 minutos”, acrescentam as professoras.

12. Não se esqueça da alimentação pré e pós-treino

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Carina de Sá explica que a alimentação rica em nutrientes no pré-treino potencializa a execução do exercício, sem deixar a pessoa fadigada durante o treino, além de evitar o catabolismo muscular. “Assim você não perde sua massa magra, que é a mais ativa em relação ao gasto energético”, destaca.

No pós-treino, explica a nutricionista Carina, a alimentação é importante para garantir uma boa recuperação muscular, ou seja, a reposição de glicogênio para os músculos, e evitar novamente sua degradação. “Além dos nutrientes como vitaminas, minerais e antioxidantes, importantes também para manter uma boa produção de energia pelo organismo e amenizar os processos inflamatórios gerados pela atividade física”, diz.

13. Fique longe de estresses

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Outro fator que influencia no funcionamento do seu corpo e que pode contribuir para a perda de peso é o stress. Cuidar da sua saúde mental pode te ajudar a ter mais energia para seguir uma alimentação saudável e se exercitar. Além disso, você pode buscar por atividades que proporcionem as duas coisas: uma mente tranquila e saudável e um corpo ativo. Algumas boas opções são a yoga, o pilates e a corrida.

14. Mantenha o foco nos benefícios da perda de peso

FOTO: REPRODUÇÃO / GIPHY

Como já foi citado, uma dieta de emagrecimento exige dedicação e foco. Se, durante o processo, por um motivo ou outro, você tiver vontade de desistir, afaste todo o pensamento negativo!

Foque em todos os benefícios que a perda de peso proporcionará: além de melhorar sua autoestima, o emagrecimento trará mais saúde e bem-estar, já que deixará sua pressão sob controle e diminuirá significativamente os riscos de diabete, derrame e doença cardiovascular.

Enfim, não faltam bons motivos para você aderir a uma dieta saudável! E agora você já tem ótimas dicas para isso. Mas, não se esqueça de começar procurando por profissionais que possam ajudá-la nesse processo!

10 Ideias de Suco Verde Desintoxicante

10 Ideias de Suco Verde Desintoxicante

O suco de folhas, legumes e frutas que nossas mães e avós nos obrigavam a tomar quando éramos crianças (e que nós gentilmente recusávamos com uma careta) está agora na moda e atende pelo nome um pouco mais sofisticado de “suco detox”.

Famosos por auxiliarem no emagrecimento e promoverem uma desintoxicação no organismo, os sucos verdes também ganharam espaço pela praticidade: nada mais fácil do que juntar 3 ou 4 ingredientes e bater tudo junto no liquidificador. Dispensa panela, tempero e ainda por cima poupa tempo. Sem contar, é claro, que hoje em dia você pode encontrá-los em praticamente qualquer lugar, desde quiosques no shopping até casas de suco na rua.

Para quem sempre teve dificuldades para consumir as porções recomendadas de frutas e verduras, o suco verde desintoxicante pode ser uma excelente opção, pois permite que você obtenha nutrientes importantes com somente um copo da bebida. E se você já é um adepto do suco verde e está procurando novas receitas, as sugestões abaixo podem ser uma ótima opção para você variar seu cardápio detox e continuar a obter todos os benefícios do suco verde desintoxicante.

Benefícios do Suco Verde Desintoxicante
O suco verde desintoxicante é rico em fibras, que prolongam a saciedade com poucas calorias e melhoram o funcionamento do intestino. Ele ainda desintoxica o fígado, órgão fundamental para a eliminação de toxinas do organismo. Essas duas características juntas contribuem para reduzir as inflamações, uma das causas do inchaço e do acúmulo de gordura.

Mas a fama do suco verde se deve em grande parte à grande quantidade de antioxidantes presentes na bebida. Essas substâncias ajudam a combater os radicais livres, que quando em excesso contribuem para o envelhecimento precoce e podem ainda causar uma série de complicações, que vão desde o Alzheimer até o câncer. Embora nosso organismo já produza radicais livres naturalmente, substâncias como o cigarro, açúcar, agrotóxicos e alimentos industrializados têm a capacidade de acelerar esse processo.

Alguns estudos sugerem ainda que o consumo regular de suco verde desintoxicante pode levar a uma diminuição dos níveis de LDL, o colesterol ruim.

Receitas
Agora que você já conhece alguns dos benefícios do suco detox, veja 10 sugestões de consumo para incluir na sua dieta:

1. Suco Detox de Salsão e Couve
Ingredientes:

ARTIGOS COMPLEMENTARES
10 Receitas de Suco Detox Com Maçã Para Emagrecer
12 Receitas de Suco de Couve Com Limão Para Emagrecer
10 Receitas de Suco Detox Com Gengibre e Limão Para Emagrecer
8 Receitas de Suco Detox Com Chá Verde Para Emagrecer
3 folhas de couve;

Leia também: suco verde funciona

½ xícara de espinafre;
2 colheres de salsinha;
1 maçã verde com casca;
1 limão espremido;
1 colher de chá de gengibre ralado;
½ xícara de talo de salsão picado;
2 copos de água mineral.
Preparo:

Bater tudo no liquidificador e tomar sem coar.
2. Suco de Pepino e Beterraba
Ingredientes:

½ pepino japonês com casca;
1/2 maçã verde com casca e sem sementes;
Suco de 1 limão;
2 rodelas de beterraba crua com casca;
1 copo de água.
Preparo:

Higienize todos os ingredientes e bata no liquidificador;
Sirva sem coar (se preferir o suco menos espesso, acrescente mais água).
3. Suco verde desintoxicante de broto de alfafa e couve

Leia também: Phytophen bula
Ingredientes:

1 xícara de broto de alfafa;
2 folhas de couve;
1 copo de água de coco;
Suco de ½ limão;
1 fatia fina de gengibre.
Preparo:

Leia também: Kifina bula

Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva sem coar.
4. Suco Detox de Abacaxi com Kiwi
Ingredientes:

2 fatias médias de abacaxi pérola descascado;
1 kiwi fatiado com casca;
1 lima da pérsia descascada;
5 folhinhas de hortelã;
1 copo de chá verde sem açúcar;
3 cubos de gelo.
Preparo:

Leia também: Farinha seca barriga bula

Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva em seguida (sem coar).
5. Suco de Couve com Laranja
Ingredientes:

1 laranja inteira (tirar as sementes e deixar o bagaço);
2 folhas de couve sem os talos;
1 colher de chia;
½ xícara de maçã verde picada (com casca);
5 folhinhas de hortelã;
1 copo de água mineral;
Preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador e sirva sem coar.
6. Suco Verde Desintoxicante de Uva e Coentro
Ingredientes:

3 folhas de beterraba;
½ xícara de coentro;
½ xícara de uvas verdes;
1 limão espremido;
1,5 copos de água.
Preparo:

Tire o caroço das uvas e coloque-as junto com os demais ingredientes no liquidificador;
Bata e sirva sem coar.
7. Poderoso Suco Detox de Clorofila
Ingredientes:

½ xícara de salsinha;
1 xícara de folhas de espinafre;
1 folha de couve sem o talo;
1 xícara de almeirão picado;
½ xícara de broto de alfafa;
½ maçã verde com casca;
5 folhas de hortelã;
2 copos de água.
Preparo:

Lave todos os ingredientes e coloque para bater no liquidificador;
Sirva sem coar.
8. Suco Verde Desintoxicante com Dente de Leão
Ingredientes:

5 folhas de dente de leão;
½ xícara de pepino com casca;
1 xícara de talos de erva doce;
1 limão espremido;
1 colher de chá de gengibre ralado;
1 copo de água de coco.
Preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador;
Sirva com cubos de gelo.
9. Suco verde de Alface e Aipo
Ingredientes:

3 folhas de alface;
½ xícara de talos de aipo;
½ maçã verde com casca;
1 xícara de folhas de aipo;
1 lima da pérsia;
2 copos de água.
Preparo:

Descasque a lima-da-pérsia e coloque-a no liquidificar com os demais ingredientes;
Bata com 3 cubos de gelo e sirva em seguida (sem coar).
10. Suco desintoxicante de Berinjela
Ingredientes:

2 fatias de berinjela com casca;
1 laranja;
Suco de 1 limão;
1 maçã verde sem sementes;
1 copo de água.
Preparo:

Descasque a laranja, retire as sementes e corte-a em pequenos pedaços;
Junte com os demais ingredientes e bata no liquidificador;
Sirva imediatamente com cubos de gelo.
Dicas
Veja algumas sugestões para você obter todos os benefícios do suco verde desintoxicante:

Sempre que possível adquira verduras, frutas e legumes orgânicos;
Se você fez uma das receitas e acabou sobrando um pouco de suco, congele-o em forminhas de gelo e utilize nos dias em que estiver sem tempo para preparar outro suco;
Evite consumir couve e espinafre todos os dias, pois essas duas folhas escuras podem prejudicar a tireoide e o fígado quando em excesso;
Diabéticos devem evitar o consumo de suco verde com mais de uma fruta;
Para um melhor resultado, tome o suco verde desintoxicante pela manhã, ainda em jejum;
Evite acrescentar açúcar ou adoçante ao seu suco, pois o objetivo é exatamente desintoxicar-se de substâncias como essas;
Tente não coar o suco para não perder os benefícios das fibras. Caso o suco esteja muito espesso, acrescente mais água ou água de coco, de acordo com a receita;
Para preservar todos os nutrientes do suco verde desintoxicante, sirva-o assim que acabar de bater no liquidificador;

40 Gel redutor de medidas. Funciona? Resultados do antes e depois Gel redutor de medidas. Afinal? Funciona? Eu testei!

40 Gel redutor de medidas. Funciona? Resultados do antes e depois Gel redutor de medidas. Afinal? Funciona? Eu testei!

Então meninas, eu sei que não existe produto que faça a gordura derreter e nós sabemos que para emagrecer a unica “mágica” é reeducação alimentar e atividade física né?

Mas… Como sou que nem São Tomé tenho que ver para crer, resolvi comprar esse tal Gel que promete reduzir medidas ao longo do uso.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Siluet 40 Gel redutor de medidas. Funciona?
O produto: gel com efeito termo ativo e estimulante que ativa a circulação periférica e reduzindo medidas e a celulite. Ajuda a deixar a pele mais firme, além da sensação de frio na pele garante a redução de medidas.

Composição:

Água, álcool, glicerina, manuronato de metilsilanol, extrato de Fucus vesiculosus, extrato de Rosmarinus officinalis, extrato deChamomilla recutita, extrato de Capsicum annuum, Carbômer, trietanolamina, hidroxietilcelulose, mentol, propilparabeno, metilparabeno, imidazolidiniluréia, Benzofenona-4, CI 19140.

Descrição: gel transparente de cor amarela. Tem um cheiro muito gostoso de ervas. O frasco tem com bico pump e vem com 200ml.

Leia também: Womax Gel Lipo reclamações

Como usei o Siluet 40 Gel redutor de medidas – Resenha
De acordo com a indicação. Duas vezes ao dia. Usei nas coxas e na cintura. Não fiz massagem, pois eles dizem que não é necessário. Estou usando tem quase 4 semanas, o frasco já está quase no final.

Comecei a usar no dia 20 de junho. Usei todos os dias, duas vezes.

O que achei?

O produto espalha super bem, seca rápido e é muito cheiroso. Tem até um bom rendimento se usar em uma área não tão grande. Não senti a pele nem esfriar e nem esquentar.

Leia também: Phytophen funciona

Resultados do Siluet 40 Gel redutor de medidas.
Agora é que são elas rsrs.

O produto hidrata a pele? Sim, a pele fica muito macia e bem hidratada.

A textura e firmeza da pele melhorou? Em 4 semanas não.

Leia também: Kifina funciona

Reduziu celulite? Não.

Reduz medidas? Não. Nenhum centímetro se quer. Usei como manda na embalagem e não diminuiu nadinha.

Obs: na embalagem diz que funciona tanto fazendo exercícios ou mesmo parada.

Eu tenho andado na esteira todos os dias, mas até dei uma para pra ver se haveria alguma redução com o uso do produto.

Vi alguns relatos falando que tiveram perda de até 6 cm na barriga e, sinceramente não acredito. Mas, cada corpo é de um jeito, no meu não deu resultado algum. Meus pneuzinhos na cintura continuam aqui, as coxas estão com as mesmas medidas.

Cremes redutores de medidas: Conheça as melhores marcas!

Cremes redutores de medidas: Conheça as melhores marcas!

Que tal ter o corpo lindo nesse verão? Livre de celulites e gordura localizada? Conheça o suplemento 100% natural, o SHAPE360, um produto que está conquistando todo o Brasil…Tenha o corpo que você sonhou agora mesmo!
Mesmo quem não quer emagrecer pode se sentir incomodada com uma barriguinha, celulite nas pernas e nos glúteos ou com a flacidez, e às vezes nem a atividade física regular e a alimentação balanceada dá resultados satisfatórios, o que leva as mulheres a buscarem a ajuda de produtos que prometem agir nessas áreas específicas, remodelando a silhueta e eliminando aquela gordurinha localizada e o aspecto de casca de laranja que fica na pele.

Existem várias opções, e cada produto tem uma composição diferente e promete resultados diferentes, podendo variar bastante também no preço e no custo benefício, e por isso, no artigo de hoje vamos falar sobre os melhores cremes redutores de medidas, onde comprar e como usar cada um deles, para que você tenha o corpo que você sempre quis.

Leia também: Kifina é bom

1 Melhores cremes redutores de medidas
2 Cremes redutores de medidas Vita Derm
3 Cremes redutores de medidas Nivea
4 Creme redutor de medidas Adcos
5 Cremes caseiros
Melhores cremes redutores de medidas
Existem várias opções desse produto nas farmácias, lojas de produtos de beleza e sites especializados, e além de citar a seguir os melhores cremes redutores de medidas de algumas das melhores marcas, reunimos abaixo os ativos que você deve buscar na composição do creme redutor de medidas que você escolher, pois eles vão garantir os melhores resultados:

Leia também: comprar Womax Gel Lipo

Algas marinhas: eliminam toxinas que dão aquele aspecto de casca de laranja à pele.
Arnica: tem ação anti-inflamatória e ajuda a melhorar a circulação sanguínea.
Cafeína: acelera o metabolismo e promove a queima de gordura, além de amenizar a celulite.
Gingko biloba: tem efeito anti-inflamatório, e reduz a celulite que aparece a partir da inflamação do tecido gorduroso.

Leia também: Phytophen é bom
Vitamina E: provoca vasodilatação, reduzindo o inchaço da área tratada.
Fique de olho no rótulo, e dê prioridade para os cremes que tiverem um ou mais desses ativos na sua composição.

Cremes redutores de medidas Vita Derm

A Vita Derm tem uma linha chamada “Body Shape”, com produtos para tratamento corporal, como cremes anticelulite, cremes firmadores, gel crioterápico e o creme redutor de medidas para massagem, que tem extrato de guaraná na sua composição (cafeína), e é indicado para a redução de gordura localizada e da celulite.

A embalagem vem com 1kg e você pode comprar em lojas de produtos de beleza e sites especializados.

Acabe os as gordurinhas que te incomodam e tenha um corpo mais bonito agora mesmo!
Cremes redutores de medidas Nivea

Leia também: Phytophen é bom

A Nivea é uma das marcas de cosmético mais tradicionais, e tinha o creme redutor de medidas chamado “My Silhouette”, que saiu de linha. Se você confia na marca e quer fazer um tratamento combinando produtos, você pode se interessar pelos produtos como:

“Nívea Loção Firmadora Q10”, que promete melhorar a firmeza da pele em até 2 semanas;
“Bye Bye Celulite”, que hidrata e reduz a celulite em até 3 semanas;
“Nivea Pernas Renovadas Anti Celulite”, um creme anticelulite que melhora a circulação e desincha as pernas;
“Nivea Pernas Renovadas Modelador”, que ajuda a modelar e desinchar pernas e quadris.
Você pode comprar os produtos Nívea em farmácias, lojas de produtos de beleza e sites especializados.

Clique aqui para comprar o seu creme redutor Nivea sem sair de casa!

Creme redutor de medidas Adcos

A Adcos é uma marca especializada em cosmético de tratamento, e na sua linha de produtos de tratamento corporal existe a linha Reduxcel, com produtos que reduzem as medidas, ajudam a combater a flacidez e a celulite, e a diminuir a retenção de líquido, e são indicados para o tratamento de regiões do corpo como o abdômen, coxas, quadris e glúteos.

O creme redutor de medidas Adcos é chamado Reduxcel Slim, e é composto por Cafeína, Extratos de Centella Asiática, Castanha da índia, Cavalinha e Neurocafein, que ajudam na redução de medidas e do aspecto de casca de laranja causado pela celulite, remodelando a silhueta e diminuindo a flacidez da pele.

Você pode comprar a embalagem de 500g ou de 1kg no site da empresa ou em lojas e sites especializados em cosméticos.

Que tal comprar o seu pelo melhor preço? Indicamos a drogaria Onofre, que entrega para todo o Brasil e possui os melhores preços e condições de pagamento. Clique no botão abaixo e veja as ofertas sem sair de casa.

Cremes caseiros
Uma outra opção é você fazer os seus próprios produtos em casa, como as receitas de cremes caseiros abaixo:

Misture 1 comprimido de cânfora a um óleo de bebê até conseguir uma mistura homogênea, e deixe repousar por dois dias. No terceiro dia, agite bem e aplique na área desejada, massageando bastante.
Misture a mesma quantidade de Extrato Alcoólico de Hortelã e de Álcool para Cereais num vidro escuro e deixe repousando por 4 dias, sem mexer. Dissolva 2 Tabletes de Cânfora, coe a mistura que ficou no vidro e junte com a cânfora e duas colheres de creme de leite. Misture bem e aplique massageando a área.

Jejum Intermitente: o que é, como fazer e cardápio

Jejum Intermitente: o que é, como fazer e cardápio

Técnica promete emagrecimento queimando estoques de gordura corporal

Jejum intermitente é um método de emagrecimento que visa intercalar períodos de jejum com períodos de alimentação. O objetivo é fazer com que o corpo utilize os estoques de gordura e com isso haja uma perda de massa gorda.

Normalmente são indicadas entre 10 a 24 horas de jejum, que pode ser feito diariamente ou somente em alguns dias da semana. Os períodos em que a alimentação é permitida são chamados de janelas de alimentação. Fora deles, a pessoa deve ingerir líquidos que não possuam calorias, como água (com ou sem gás) e chás e café sem açúcar.

O jejum era muito comum na época paleolítica, em que o ser humano vivia de caça e não tinha acesso a alimentos o tempo todo.

O método, no entanto, não é indicado para todas as pessoas e pode trazer problemas quando feito sem a orientação adequada.

Saiba mais: Dieta paleolítica: tudo para EMAGRECER com a dieta paleo
Como funciona o jejum intermitente

Existem diversos protocolos de jejum intermitente que pedem mais ou menos horas de jejum. Antes de conhece-los, no entanto, é importante ressaltar que a escolha da melhor forma de seguir um jejum intermitente deve ser conversada com um especialista (seja endocrinologista, nutrólogo ou nutricionista), que fará exames específicos e saberá dizer o melhor protocolo para sua saúde.

Jejum de 12 horas
Esse é o tipo mais comum, em que você passa metade do dia sem comer (incluindo as oito horas recomendadas de sono). Nele é indicado que você faça três refeições ao longo do dia, ficando, por exemplo, das 20h da noite até às 8h da manhã sem se alimentar.

Sistema Leangains
O método foi desenvolvido pelo sueco Martin Berkhan e propõe que a pessoa fique de jejum por 16 horas, podendo fazer entre duas e três refeições nas oito horas restantes, a chamada janela de alimentação. Você escolhe o melhor momento para criar sua janela de alimentação.

Protocolo Coma – Pare – Coma
Nesse sistema, a pessoa escolhe um ou dois dias da semana em que ficará completamente de jejum. Ou seja, nestes dias, ela fará uma refeição e depois só comerá de novo no mesmo horário no dia seguinte. Este método costuma ter uma adaptação mais difícil e é importante fazer refeições ricas em fibras antes do jejum.

Pilares fixos do jejum intermitente
De qualquer modo, todo método de jejum intermitente envolve:

Comer apenas quando sente fome
Outro protocolo comum é orientar que a pessoa coma apenas quando sente fome de verdade. Nesses casos, só é possível fazer jejum quando são consumidos alimentos com grande poder de saciedade, como proteínas, verduras, legumes e carboidratos ricos em fibras. Esse método, no entanto, não funciona bem com pessoas que seguem dietas ricas em carboidratos simples ou não sabem diferenciar a fome real da vontade de comer devido a ansiedade ou fatores emocionais, por exemplo.

Janelas de alimentação, que podem ser um dia ou horas durante o dia
Ingestão de líquidos sem calorias durante o jejum, como água e café e chás sem açúcar
Evitar itens que contenham calorias, incluindo alguns suplementos, como o whey protein.
Alimentos indicados nas janelas de alimentação
Nos períodos em que a alimentação é permitida, é importante consumir alimentos que aumentem a saciedade e reponham os nutrientes.

Prefira: proteínas com pouca gordura, legumes, verduras, frutas com casca, cereais integrais (como arroz integral), tubérculos (inhame, cará, mandioca, batata doce)

Evite: cereais refinados (arroz branco, pão branco, massas), doces, alimentos muito industrializados.

Faça refeições do tamanho que você faria se não estivesse de jejum, não tente compensar o tempo que você ficou sem comer até então.

Mudanças entre homens e mulheres
Normalmente mulheres aguentam períodos de jejum menores do que os homens. Isso ocorre porque eles possuem mais massa muscular, portanto tem reservas maiores de glicogênio, outra fonte de energia do corpo que é armazenada justamente nos músculos e muito usada durante o jejum. O ideal é que elas sigam jejuns de até 12 horas, enquanto os homens podem chegar a até 14 horas.

Como quebrar o jejum intermitente
Sempre que se faz um jejum prolongado, a insulina, que é um hormônio que leva a energia ingerida para as células e assim gera potência para o trabalho, está baixa. Por essa razão, não é aconselhado para nenhuma pessoa ingerir altas doses de carboidratos simples ou até mesmo grandes volumes de comida (mesmo que seja alimento que julgamos saudável). O melhor é que se inicie o pós-jejum com poucos alimentos e que sejam de baixo índice glicêmico, se possível associados à uma porção pequena de proteínas com rápida absorção. Veja aqui como saber se um alimento tem baixo índice glicêmico.

Por que o jejum intermitente ajuda a emagrecer?
Para saber como essa dieta funciona, é preciso entender melhor as fases pelas quais o corpo passa ao longo do dia: quando está alimentado e o intervalo entre as refeições, ou seja, o jejum.

Quando você acaba de se alimentar, o organismo começa a dar um destino para a energia absorvida em forma de glicose. Para tanto ele ativa o hormônio insulina, responsável por colocar esse açúcar para dentro das células. A energia que não será utilizada pelas células é armazenada pela insulina em forma de tecido adiposo, ou seja, gordura.

Depois de um tempo essa energia se esgota e o corpo é obrigado a usar essas reservas. Ele recorre tanto ao glicogênio, uma forma de energia armazenada nos músculos, quanto ao tecido adiposo, e neste momento ativa hormônios que atuam na quebra de gordura (lipólise), como o glucagon.

Ao seguir um método de jejum intermitente, o glucagon e outros hormônios que quebram gorduras ficam mais tempo atuando no organismo, o que facilita a perda de peso. Além disso, o jejum evita grandes picos de insulina o que pode prevenir a resistência à insulina, mas para isso é preciso tomar cuidado para não exagerar nos carboidratos ao retomar a alimentação.

Vantagens do jejum intermitente
O jejum intermitente quando bem indicado e bem feito, pode trazer algumas vantagens, como:

Saiba mais: 3 conselhos para o jejum intermitente dar certo
Mais disposição
Clareza mental
Controle da glicemia e insulina.
Alguns estudos preliminares apontam que o jejum pode ajudar na saúde do coração. Isso porque o corpo em jejum utiliza uma substância chamada betahidroxibutirato como fonte de energia, que é utilizada mais facilmente pelo organismo. Isso faz com que o coração poupe energia e se estresse menos.

No entanto, é muito importante segui-los apenas com indicação médica.

Desvantagens do jejum intermitente
O jejum intermitente tem algumas desvantagens:

Dificuldade de adaptação Algumas pessoas têm dificuldades em se adaptar a ficar longos períodos sem comer, principalmente as que têm uma dieta rica em carboidratos simples ou que sempre comem de três em três horas.

Riscos quando feito sem acompanhamento Pessoas que fazem os jejuns sem acompanhamento, ficam muito tempo sem comer e não se alimentam direito nas janelas podem ter desnutrição, desidratação, hipoglicemia, fraqueza muscular, dificuldades de concentração, entre outros…

Tendência a compulsão Por ficar muito tempo sem comer, algumas pessoas podem acabar descontando na próxima refeição, consumindo uma alta quantidade de calorias e desequilibrando a dieta e o organismo.

Jejum intermitente e resistência à insulina
Como nos períodos em jejum o corpo não produz insulina, já que não há glicose para ser metabolizada, o jejum intermitente pode ser aliado para evitar a resistência à insulina.

Esse quadro, que pode evoluir para uma pré-diabetes, ocorre quando o corpo é exposto a picos de glicose e, por consequência, a picos de insulina. Com o tempo, alguns tecidos do corpo passam a se tornar resistentes a este hormônio e é preciso que ele seja produzido em quantidades cada vez maiores para executar as mesmas funções. Isso leva a sobrecarga do pâncreas

Portanto, se a pessoa segue uma alimentação com períodos mais longos de jejum, ela não terá produção de insulina nesses períodos, o que tecnicamente ajuda a evitar a resistência à insulina.

Vale lembrar que ter uma alimentação rica em alimentos de baixa carga glicêmica traz efeito semelhante, já que ela evita picos de glicemia.

O jejum pode ser indicado inclusive para pessoas com resistência à insulina que queiram controlar o quadro. No entanto, isso deve ser feito com o acompanhamento de um endocrinologista, pois nem todas as pessoas respondem bem a períodos prolongados de jejum. Além disso, se você toma algum remédio para a resistência à insulina, pode ter hipoglicemia se ficar muito tempo sem se alimentar, o que pode levar a fraqueza, desmaios e outros problemas.

Saiba mais: Saiba tudo sobre a resistência à insulina
Recomendação
“No ponto de vista médico, dependendo do perfil do paciente (se ele estiver acima do peso, tem um estilo de vida em que consegue ficar sem comer e é mais sedentário, ou seja, não precisa de energia para praticar atividade física) propor jejum de 12 a 14 horas não é tão difícil e não vejo problemas, salvo as exceções que já foram citadas. Só é importante ver o perfil físico e psicológico do paciente e ter critério durante as janelas de alimentação”, nutrólogo Roberto Navarro, membro da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).

Leia também: Kifina reclame aqui

Contraindicações do jejum intermitente
O jejum intermitente é contraindicado a alguns grupos de pessoas:

Gestantes e lactantes

Mulheres grávida ou que estão amamentando precisam de um aporte maior de nutrientes. Durante a gravidez, as necessidades do bebê são constantes. O jejum intermitente na gestação pode levar à desmaios, hipoglicemia e a até o baixo peso do bebê. Já as lactantes precisam de muitos nutrientes, para que possam inseri-los também no leite e garantir que o bebê consiga crescer saudável.

Leia também: Jejum Intermitente funciona

Crianças e adolescentes

Crianças e adolescentes ainda estão em fase de desenvolvimento, portanto precisam de ingestão constante e certa de nutrientes para crescerem e se desenvolverem de forma adequada.

Pessoas com doenças crônicas

Leia também: Farinha seca barriga reclame aqui

Medicamentos para doenças crônicas como como diabetes e hipertensão, causam mudanças no metabolismo, o que pode levar a hipoglicemias. Por isso, quem segue esse tipo de tratamento precisa conversar com o médico, ver se esse tipo de dieta é válida e, caso ela possa ser feita, é preciso antes ajustar a medicação.

Além disso, há um risco maior para os adolescentes: essa fase, devido a questões emocionais e problemas de aceitação, muitos acreditam que um padrão de beleza é a magreza excessiva e podem ser drásticos para chegarem a este objetivo. Seguir um protocolo de jejum pode leva-los ao desenvolvimento de transtornos alimentares graves, como a anorexia.

Leia também: Phytophen reclame aqui

Saiba mais: Malhar em jejum ou passar mais de quatro horas sem comer engorda
Riscos do jejum intermitente
O jejum intermitente, quando mal feito ou seguido sem orientação de um profissional de saúde, pode levar a problemas graves, como desnutrição, desidratação, hipoglicemia, fraqueza muscular, dificuldades de concentração, entre outros… Isso ocorre principalmente quando o jejum é feito sem o acompanhamento de um profissional de saúde ou por pessoas contraindicadas a este tipo de dieta.

Além disso, não é aconselhável praticar atividades físicas quando se está de jejum, pois o corpo pode não usar a energia de modo correto.

9 Remédios caseiros para emagrecer

9 Remédios caseiros para emagrecer

Veja as receitas que são um reforço natural para o seu processo de emagrecimento

Manter o peso ideal não é apenas uma questão de estética e autoestima, mas também de saúde. A estrutura corporal de cada pessoa possui um limite de peso que pode suportar para que consiga exercer todas as suas funções sem problemas. Veja os remédios caseiros para emagrecer que podem acompanhar sua reeducação alimentar.

Leia também: Farinha seca barriga funciona

Aliás, falando em reeducação alimentar e mudanças de hábitos, antes de pensar que essas receitas são milagrosas, lembre-se que elas apenas vão colaborar com o seu emagrecimento. Para alcançar seu objetivo é necessário que você consulte um nutricionista para mudar seus hábitos alimentares e que comece a praticar atividade física regularmente.

Aqui você encontra: [ocultar]

Os 9 melhores remédios caseiros para emagrecer
1. Chá verde com gengibre
2. Chá de hibisco com chapéu-de-couro
3. Suco de tomate
4. Chá de cavalinha com capim-limão
5. Chá de gengibre, carqueja e casca de frutas
6. Chá verde com folha de amora e canela
7. Chá mate com limão
8. Chá de hibisco com canela
9. Água de berinjela
Cuidados a ter
Dicas para emagrecer de forma saudável
Pratique atividades físicas
Coma muitas fibras
Coma regularmente
Evite dietas radicais
Consuma alimentos termogênicos
Os 9 melhores remédios caseiros para emagrecer
1. Chá verde com gengibre
A primeira sugestão de remédio caseiro para emagrecer é a combinação de chá verde com gengibre. Esses ingredientes fazem com que o metabolismo acelere e queime mais calorias durante a atividade física.

Ingredientes

Folhas de chá verde picadas e desidratadas: 1 colher de sopa;
Água fervente: 2 xícaras;
Gengibre: 1 centímetro.

Modo de preparo

Assim que a água levantar fervura, coloque o chá verde e o gengibre em infusão, tampe e deixe a mistura repousar até que esteja morna;
Depois beba uma xícara por vez, de preferência antes da atividade física. Evite tomar antes de ir dormir, pois o chá verde tem cafeína e pode atrapalhar a qualidade do sono.
Veja também: receitas com gengibre para emagrecer

2. Chá de hibisco com chapéu-de-couro
Esse remédio caseiro para emagrecer é diurético, ou seja, promove a eliminação do excesso de líquidos do organismo. Junto com esse efeito, ele também elimina as toxinas acumuladas que dificultam a perda de peso.

Ingredientes

Hibisco desidratado: 20 gramas;
Chapéu-de-couro desidratado: 20 gramas;
Água: 1 litro.

Modo de preparo

Coloque todos os ingredientes em uma panela;
Quando ferver, deixe por 5 minutos depois desligue e abafe;
Quando estiver morno, coe e beba ao longo do dia.
3. Suco de tomate

Crédito: Freepik
Seja por causa das vitaminas com ação antioxidante ou por inibir a vontade de comer doce, o tomate é um bom remédio caseiro para emagrecer. Veja como fazer o suco.

Ingredientes

Tomates: 5 unidades;
Sal e pimenta preta: 1 pitada;
Água: 100 mililitros.

Modo de preparo

Lave muito bem os tomates. Se preferir, abra-os ao meio e retire as sementes;
Depois, bata tudo no liquidificador até fica bem líquido;
Coe e beba um copo em jejum diariamente.
4. Chá de cavalinha com capim-limão
Outra opção de remédio caseiro para emagrecer é o chá de cavalinha com capim-limão, que é diurético e acelera o metabolismo.

Ingredientes

Água: 1 xícara;
Cavalinha: 20 gramas;
Capim-limão: 1 colher de sopa.

Modo de preparo

Depois que a água levantar fervura, desligue o fogo, coloque as ervas e abafe;
Quando estiver morno, coe o chá e beba em jejum ou antes da prática de atividade física.
5. Chá de gengibre, carqueja e casca de frutas
Como você viu anteriormente, o gengibre tem o poder de acelerar o metabolismo, além de oferecer proteção ao sistema imunológico. As cascas das frutas vão ajudar no trânsito intestinal, processo que também é fundamental para o emagrecimento.

Leia também: Remédios caseiros para emagrecer bula

Ingredientes

Gengibre ralado: 1 colher de sopa;
Casca de abacaxi: ½ unidade;
Casca de laranja: 1 unidade;
Carqueja: 1 colher de sopa;
Água: 1 litro.

Modo de preparo

Lave muito bem as cascas das frutas;
Em uma panela, coloque a água, as cascas, o gengibre e deixe ferver durante 3 minutos;
Desligue o fogo, adicione a carqueja, tampe e deixe repousar por 5 minutos;
Depois é só coar e beber ao longo do dia.
6. Chá verde com folha de amora e canela

Crédito: Freepik
Mais uma vez o chá verde entra em cena, mas agora seu efeito termogênico se une com a canela. As folhas de amora ajudam a diminuir a fome e a eliminar as toxinas.

Leia também: Phytophen funciona

Ingredientes

Água fervente: 150 mililitros;
Chá verde: 1 colher de sopa;
Canela: 1 pau.

Modo de preparo

Assim que a água levantar fervura, desligue o fogo. Coloque todos os demais ingredientes em infusão, abafe e deixe descansar por 3 minutos;
Depois é só coar o chá e beber.
7. Chá mate com limão
O chá mate com limão aumenta a sensação de saciedade, devido a seu efeito diurético e provoca a queima de gordura, aumentando o metabolismo.

Ingredientes

Chá mate: 2 colheres (chá) de folhas secas;
Limão: 1 unidade;
Água: 1 litro.

Com fazer

Leve a água ao fogo e logo que as primeiras bolhinhas começarem a aparecer, adicione a erva;
Desligue o fogo e tampe a panela;
Deixe descansar por 10 minutos;
Adicione o limão quando for tomar.
Esse chá pode ser guardado na geladeira por, no máximo, 24 horas. Depois disso, perde suas propriedades.

8. Chá de hibisco com canela
O chá de hibisco com canela é um dos remédios caseiros para emagrecer, pois ajuda na retenção de líquidos e a desinchar o corpo, devido a suas propriedades diuréticas.

Ingredientes

Hibisco: 1 colher (sopa);
Cavalinha: 1 colher (sopa);
Água: 1 litro;
Canela: 1 pau.

Modo de preparo

Esquente a água;
Logo antes de ferver, adicione os outros ingredientes;
Desligue o fogo, tampe e deixe descansar por 10 minutos;
Para beber, coe.
9. Água de berinjela
A água de berinjela, além de possuir efeito diurético, possui importante papel no combate ao colesterol, sendo muito eficaz para o emagrecimento.

Ingredientes

Berinjela: 1 unidade;
Água: 1 litro.

Como fazer

Deixe a berinjela de molho na água por, pelo menos, 6 horas;
Passado esse tempo, bata no liquidificador;
Adoce se achar necessário e pronto.
Cuidados a ter
Essas receitas de remédios caseiros para emagrecer não são recomendadas para quem possui pressão baixa, pois as ervas possuem o poder de diminuir a pressão arterial. Além disso, vale ressaltar que o chá verde possui cafeína, não sendo recomendado o seu consumo durante a noite.

Vale lembrar que por serem receitas diuréticas, esses chás aumentam a vontade de urinar, sendo sempre importante manter uma boa frequência urinária ao consumir esses chás.

Dicas para emagrecer de forma saudável
Embora esses remédios caseiros para emagrecer exerçam um papel importante na dieta, é importante que haja uma mudança de hábitos para perder peso, como a prática de exercícios físicos e uma alimentação balanceada. Sendo assim, confira mais essas dicas para facilitar a perda de peso.

Pratique atividades físicas
Os exercícios físicos são muito importantes para a perda de peso, pois não adianta manter uma dieta muito rigorosa e não gastar calorias. A atividade física é a grande responsável pela queima de calorias do organismo, acelerando o metabolismo e moldando outra forma física.

Leia também: Kifina funciona

Coma muitas fibras
Os alimentos ricos em fibras proporcionam maior saciedade, fazendo com que a fome demore mais de aparecer. Isso ajuda bastante no emagrecimento, diminuindo a frequência de comidas que possam engordar. As principais fontes de fibras são:

Frutas;
Arroz;
Trigo;
Centeio;
Cevada;
Aveia;
Feijões;
Lentilha;
Grão de bico;
Ervilha;
Chia;
Linhaça.
Coma regularmente
Pode parecer estranho, mas é importante comer com uma certa frequência, pois isso manterá seu metabolismo funcionando o dia inteiro. Isso dá mais saciedade, diminui a fome fora de hora e impede grandes exageros nas refeições principais.

Para isso, é importante que se faça lanchinhos em um intervalo entre cada refeição, de aproximadamente 3 em 3 horas.

Evite dietas radicais

Crédito: Pexels
Algumas pessoas acham que dietas que cortam drasticamente as calorias ou retiram totalmente algum outro componente, como os carboidratos, são maravilhosas e trazem imensos benefícios para o emagrecimento. Porém, isso pode ser falso. O ideal é que haja um processo bem pensado de reeducação alimentar, sempre acompanhado por um profissional.

Saiba que a perda excessiva e rápida de peso pode significar que você não está na dieta mais adequada. É muito comum que se retorne ao antigo peso depois de um tempo, o efeito sanfona.

Além disso, a alimentação monótona e com pouca variedade de alimentos não traz todos os nutrientes que o corpo precisa. O corpo passa a apresentar carência de alguns nutrientes essenciais, o que pode gerar problemas e doenças diversas.

Consuma alimentos termogênicos
O alimentos termogênicos são responsáveis por acelerar o metabolismo, facilitando a queima de gordura, sendo bons complementos para os remédios caseiros para emagrecer. Confira abaixo alguns alimentos termogênicos:

Pimenta;
Chá verde;
Canela;
Gengibre;
Café.

7 Chás diuréticos contra inchaço e retenção de líquidos

7 Chás diuréticos contra inchaço e retenção de líquidos

Os melhores chás diuréticos podem ser preparados com salsinha, alcachofra, cavalinha e hibisco. Estes chás eliminam o excesso de água e líquidos retidos no organismo, sendo útil para desinchar e combater a retenção de líquidos porque favorecem a produção de urina.

Saiba como preparar cada chá para aproveitar ao máximo suas propriedades para desinchar e também perder peso.

1. Chá de salsinha
A salsa tem propriedades medicinais que além de melhorar a digestão também contribuem para eliminar o ácido úrico, sendo, por isso, uma excelente bebida para quem sofre de gota ou reumatismo, por exemplo. A salsa é facilmente cultivada em casa e se adapta a muito bem em pequenos vasos e, por isso, ter um vasinho de plantas com salsinha é uma ótima dica para quem sofre com as pernas inchadas.

Ingredientes

1 ramo ou 25 g de salsa com talos
1/4 de limão
1 copo de água
Modo de preparo

Numa panela coloque a salsinha picada e a água e deixe ferver por 5 a 10 minutos. Tampe a panela, deixe esfriar, coe, adicione o limão e beba a seguir, no mínimo 4 vezes ao dia.

Assista ao vídeo e veja outros alimentos diuréticos que ajudam a diminuir o inchaço:

2. Chá de ervas
Esta receita de diurético caseiro para emagrecer ajuda a eliminar o inchaço e a retenção de líquidos, sendo útil também para ajudar a emagrecer. Os resultados são mais evidentes no fim do dia com os pés e mãos menos inchados.

Ingredientes

10 g de alcachofra
10 g de cavalinha
10 g de sabugueiro
10 g de louro
10 g de anis
Modo de faze​r

Misture as ervas e reserve enquanto coloca em uma panela 1 litro de água para ferver. Quando a água estiver fervendo apague o fogo e adicione a seleção das ervas. Abafe por cerca de 5 minutos e coe. Acondicione o chá numa garrafa térmica já que deverá se bebido morno ao longo do dia. Este chá deverá ser tomado durante todo o dia durante 15 dias.

3. Chá de hibisco
O hibisco é diurético mas também tem ação laxante, sendo útil para melhorar o funcionamento intestinal, o que é bom para deixar a pele do rosto mais limpa e a barriga menos inchada.

Leia também: Kombucha emagrece

Ingredientes

2 colheres de sopa cheias de flores hibisco seco
1 litro de água em início de fervura
Modo de preparo

Adicionar o hibisco na água quente e deixar repousar por 10 minutos, devidamente tampado. Coar e beber ao longo do dia.

4. Chá de dente-de-leão
O dente de leão tem ação diurética e ainda é bom para quem sofre com gota ou reumatismo.

Leia também: Phytophen funciona

Ingredientes

15 g de folhas e raízes de dente-de-leão
250 ml de água fervente
Modo de preparo

Adicionar a água numa xícara e depois colocar as raízes e deixar repousar por 10 minutos. Coar e beber 2 a 3 vezes por dia.

5. Chá verde com abacaxi
O chá verde tem sabor amargo e o abacaxi ajuda a melhorar o sabor deste chá, sendo uma ótima opção quando está gelado. Adicionar algumas folhas de hortelã picadas e gelo também é uma boa forma tornar este chá mais saboroso, podendo ser tomado durante as refeições, mas sempre respeitando a quantidade máxima de 100 ml, para não atrapalhar a digestão e não engordar.

Leia também: comprar Kifina

Ingredientes

1 colher de sopa de chá verde
1 fatia (cerca de 1 cm) de abacaxi
500 ml de água
Modo de preparo

Adicionar os ingredientes numa panela e deixar ferver durante alguns minutos. Coar e tomar 2 a 3 vezes por dia.

6. Barbas-de-milho
Este chá pode ser encontrado em lojas de produtos naturais e em farmácias de manipulação e tem sabor suave, mas para o tornar mais saboroso pode-se adicionar algumas gotinhas de limão quando o chá estiver pronto.

Ingredientes

2 colheres de sopa de barbas de milho picadas
2 xícaras de água fervente
Modo de preparo

Colocar os ingredientes numa panela e ferver durante 10 minutos. Coar, deixar amornar e beber cerca de 2 a 3 xícaras por dia.

7. Gengibre com canela
O chá de gengibre com canela é delicioso e é ótimo para combater a retenção de líquidos e ajudar a emagrecer de forma saudável e saborosa. No entanto, este chá não deve ser consumido na gravidez porque pode provocar a contração uterina, sendo perigoso para o bebê

Ingredientes

1 cm da raiz de gengibre
1 pau de canela
1 xícara de água fervente
Modo de preparo

Colocar os ingredientes numa panela e deixar ferver por cerca de 5 minutos. Coar ao longo do dia.

Melhores dietas do mundo: conheça as 10 eleitas por especialistas

Basta uma olhada rápida nas capas de revistas (especialmente aquelas voltadas ao público feminino) para identificar incontáveis matérias sobre tipos de dietas, sempre com a promessa da conquista do corpo dos sonhos de forma quase milagrosa. No entanto, essas receitas, em sua grande maioria, mostram-se focadas unicamente na perda de peso instantânea, deixando de lado a preocupação com a saúde e o bem-estar. O resultado, muitas vezes, é o chamado “efeito sanfona”, além de problemas físicos e emocionais.

LEIA MAIS
Whole 30: programa propõe dieta natural por um mês
LEIA MAIS
Como a dieta dash pode combater a pressão alta
Encontrar uma dieta que considere a integridade nutricional, possíveis riscos à saúde, capacidade de prevenir doenças cardíacas e diabetes, facilidade em ser seguida, e meta de perda de peso não apenas a curto prazo é um desafio e tanto e foi a ele que se dedicaram médicos e nutricionistas de instituições como as universidades Johns Hopkins, Harvard, de Nova York e a ICF International. Veja o resultado da pesquisa.

As 10 melhores dietas do mundo
DASH
A DASH (Dietary Approaches to Stop Hypertension) tem como principal objetivo a prevenção e tratamento da hipertensão. Ela foi eleita a melhor dieta por, segundo os especialistas, promover a perda de peso e estimular uma alimentação mais nutritiva. A dieta Dash tem como base o consumo de frutas frescas, vegetais (verduras e legumes) e laticínios magros. Ela abrange todos os grupos alimentares, incentiva a ingestão de fibras e a prática de pelo menos uma atividade esportiva. A dieta ainda desaconselha o consumo de produtos que elevam a pressão arterial, como gordura saturada, açúcar, industrializados, sal e carne vermelha. Embora o seu foco não seja a perda de peso, se seguida à risca, ela colabora para esse objetivo.

MIND
Essa dieta surgiu da união de outras duas: a DASH e a Mediterrânea. Seu principal foco é a saúde mental, como a prevenção do Alzheimer e, por isso, privilegia o consumo de alimentos benéficos para o cérebro, como folhas verdes, vegetais, nozes, frutas, grãos, cereais integrais, peixe, aves, azeite e vinho. Assim como a DASH, o objetivo desse regime não é o emagrecimento, embora ele seja uma consequência, especialmente se aliada a pratica de exercícios físicos.

TLC
Assim como a dieta Dash, a TLC tem como principal objetivo reduzir as taxas de colesterol ruim (LDL) e, dessa forma, prevenir o risco de doenças cardiovasculares. Por essa razão, ela restringe o consumo de gordura saturada, que não deve ultrapassar o percentual de 7% do total de calorias diárias, e indica o consumo prioritário de frutas, vegetais e grãos. Adeptos da TLC devem, ainda, praticar ao menos 30 minutos diários de exercícios físicos.

Dieta da Fertilidade
Criada por pesquisadores de Harvard, ela tem como objetivo ajudar as mulheres a engravidar, uma vez que aumenta a ovulação. Adeptas da dieta da fertilidades são estimuladas a ingerir alimentos fontes de gordura “boa”, como grãos integrais, proteínas, óleos de origem vegetal e laticínios integrais. Devem ficar de fora do cardápio os carboidratos refinados, e a carne vermelha deve ser consumida com muita moderação.

Clínica Mayo
Essa dieta leva esse nome porque foi desenvolvida pela Clínica Mayo, uma instituição americana que realiza pesquisas na área de saúde e oferece recomendações sobre prevenção de doenças. É um regime focado no emagrecimento e consiste em duas etapas: a primeira tem duração de duas semanas e visa à perda de peso rápido a partir de uma mudança alimentar e da prática de atividades físicas diárias. Nessa fase, deve haver um consumo de 600 a 800 calorias por dia e deve-se eliminar hábitos que colaboram para o ganho de peso, como comer em frente à televisão e ingerir doces. A segunda etapa é basicamente uma manutenção desses novos hábitos. Na Mayo, há uma tabela nutricional que, se seguida, os pesquisadores afirmam que a pessoa pode perder de 2,5 kg até 4 kg nos primeiros quinze dias e, a partir daí, de meio a um quilo por semana. Grávidas, lactantes, pessoas cardíacas ou com distúrbios alimentares devem consultar o médico antes de iniciar essa dieta.

Leia também: melhores Dietas de emergência

Mediterrânea
A dieta mediterrânea, como o nome mesmo sugere, vem da população dos países banhados pelo mar Mediterrâneo. Ela deve ser adotada como um estilo de vida, já que tem como objetivo a longevidade, além da prevenção de doenças crônicas. Para isso, é incentivada a ingestão de frutas, hortaliças (verduras e legumes), cereais integrais, azeite de oliva e peixe. Também recomenda um menor consumo de carne vermelha e produtos industrializados, além da prática de atividades físicas leves três vezes na semana.

Leia também: Kifina Anvisa

Vigilantes do Peso
Os Vigilantes do Peso fazem parte da organização Weight Watchers, que surgiu nos Estados Unidos. O programa traz uma pontuação de acordo com a quantidade de calorias que cada alimento possui, assim é possível monitorar o consumo alimentar diário. Essa dieta incentiva a ingestão de alimentos saudáveis, por isso produtos de baixa caloria e pouca gordura têm menos pontos do que aqueles mais calóricos. Cada pessoa tem um limite de pontos específicos para consumir em um dia, baseado em critérios como peso, altura, idade, sexo e outros. A dieta dos pontos não faz restrições alimentares.

Leia também: Phytophen Anvisa

Flexitariana
Essa é uma dieta voltada para a perda de peso e melhora da saúde por meio de dois conceitos: flexibilidade e vegetarianismo. A combinação é a base desse regime, que prega que é possível alcançar os benefícios do vegetarianismo, sem eliminar por completo o consumo de carne da dieta. Com isso, ela libera, ocasionalmente, o alimento. O mais importante é incluir na rotina alimentar esses grupos: “novas carnes” (tofu, feijão, lentilhas, ervilhas, nozes e sementes, e ovos), frutas e vegetais, grãos integrais, laticínios, açúcares e pimentas. A dieta indica ainda a prática de 30 minutos diários de exercícios físicos moderados ou 20 minutos de exercícios intensos, cinco vezes por semana.

Volumétrica
A ideia da dieta é o consumo de alimentos que tenham pouca caloria e que prolonguem a saciedade. Esses produtos estão divididos em categorias:

Baixíssima densidade: frutas (figo, melancia, melão, uva, laranja e frutas vermelhas), e vegetais sem amido (folhas verdes, cenoura, beterraba, abóbora, berinjela), leite desnatado e sopa à base de caldo;

Baixa densidade: frutas e vegetais com amido, grãos, cereal matinal, carnes magras, legumes e pratos com baixo teor de gordura;

Média densidade: carne, queijo, pizza, batata frita, molho de salada, pão, sorvete e bolo;

Alta densidade: biscoitos, salgadinho, doces de chocolate, biscoitos, nozes, manteiga e óleo.

Os alimentos das categorias 1 e 2 podem ser consumidos em grandes quantidades, enquanto os da categoria 3 pedem moderação e os da categoria 4 devem ser evitados.

Jenny Craig
Esse é um programa disponível apenas nos Estados Unidos, em que é preciso pagar uma determinada quantia para se inscrever e participar. Nele, são ministradas reuniões com uma consultora, responsável por criar uma estratégia de emagrecimento e escolher um cardápio, entre as opções disponíveis. Assim, o participante recebe suas refeições pré-preparadas.

Vale dizer sempre que, antes de adotar qualquer dieta, é importante consultar um médico ou nutricionista para que ele indique o cardápio que melhor atenda às suas necessidades, o que considera perfil biofísico, carências nutricionais e preferências alimentares, entre outros fatores.